Ir para a página principal Mapa do site
 
Implicações Fiscais e Contábeis

O cliente não recebe nem paga nada antecipadamente. A partir do primeiro dia, ele fica sujeito aos ajustes diários até o final da operação. O fluxo de dinheiro, até a liquidação do contrato, é apenas o relativo aos ajustes diários. Por isso, antes de entrar na Bolsa, deve ter ciência da necessidade do pagamento dos ajustes diários.

Se o cliente mudar de opinião e não quiser ficar até o vencimento do contrato, poderá sair a qualquer momento, bastando realizar uma operação inversa, isto é, comprar o mesmo número de contratos vendidos ou vender o mesmo número de contratos comprados, para o mesmo vencimento. Caso deixe de pagar o ajuste diário, a Bolsa o considerará inadimplente e executará suas garantias (a margem de garantia não substitui o ajuste diário). Isso ocorrendo, perderá o direito de operar na Bolsa, com seu nome sendo divulgado ao mercado.